segunda-feira, 7 de maio de 2018

ISONOMIA FISCAL

           Realmente preparamos os filhos para herdarem todos esses processos de privatizações em que já nascemos devendo, confiscados (FMI) e pagando pelos recursos naturais remanescentes, hoje geridos pelas grandes corporações privatizadores dos Recursos Naturais que o Criador legou gratuitamente para todos, indistintamente. E restam apenas os Agricultores Familiares para meterem a mão, cultivar organicamente, preservando a variabilidade genética com a conservação da biodiversidade, ao contrário dos detentores de glebas (Agronegócios) que praticam a monocultura da soja, café, milho, cana, eucalipto etc, utilizando os agrotóxicos à base de BHC, HUNDUP, DDT e outros venenos disfarçados de "defensivos agrícolas", cujas sementes "mermadas" são geneticamente preparadas para serem supostamente 'resistentes' a pragas, mas, por outro lado, sensíveis e descartáveis pois são utilizáveis apenas uma vez, cujos descendentes não servirão para um BANCO DE SEMENTES crioulas originais. Aí está o contraste: os MEGA obtêm isenção de impostos, grandes empréstimos do BNDES a juros menores (poder para poder phoder); enquanto o MICROagricultor sustentáculo da saúde ambiental, tem que arcar com os défcits ambientais, sendo tributados igualmente - APENAS NISSO HÁ ISONOMIA: somos tributados isonomicamente.