quinta-feira, 28 de setembro de 2017



Publicado em 18 de jun de 2017


VÍDEO DE TREINAMENTO Interessados em associar-se a Cooperativa Equilibrium ou residir nos Ecopolos da Rede.

1) Existe hierarquia no Projeto Equilibrium? Resposta: Sim, porque como em qualquer organização séria haverá, sempre, a necessidade de delegar funções aos componentes de um grupo capacitado que perfilhe o mesmo propósito, as mesmas convicções, porém respeitando-se as diferenças concernentes à formação acadêmica de cada indivíduo, respeitando-se as regras estatutárias que requer certa auto suficiência e espiritualização em prol do BEM COMUM; para que se obtenha a realização de um sonho que é instrumentalizar o ser ‘caminhante’ para beneficiar a si e ao seu próximo, mediante o Conhecimento que deverá ser compartilhado e divulgado com a transparência e a ISONOMIA que deverá ser praticada, alcançada continuamente, acompanhando as inovações tecnológicas em inúmeras áreas do conhecimento, vindo auxiliar na Transparência Fiscal, principalmente. Similarmente, como há sazonalidade no clima que interfere ou determina os plantios, as colheitas e o manejo agroecológico, também no nível intelecto-espiritual, o ser humano tem o livre arbítrio para educar-se e, ao invés de lutar por competição virtual, capacitar-se para ser um multiplicador, buscando voluntariamente inclusão dentro de um grupo que enseje a transformação de ‘energias combatíveis’ em ENERGIAS que permitam a evolução material-espiritual, para uma qualidade de vida. Isso não significa replicar o modelo capitalista, mas, com intercâmbio de saberes, promover experiencias que levem a práticas desafiadoras, no sentido de banir do pensamento os interesses pessoais que são os interesses de grupos alienados pela ganância que gera todo tipo de engodo e corrupção.

 2) Há membros com poderes sobre outros? Resposta: Não deveria existir um rótulo com poderes distintivos que induza a práticas paternalistas ou nepotismos. Mas, sutilmente, isso acontece. O currículo acadêmico de alguns dos membros - diploma de grau superior, mestrado e doutorado, que, por si só, impõe um maior respeito, um respaldo. Mas esses imperativos graus avançados, serviria para capacitar os demais, para que todos tenham acesso a um mínimo de formação/informação necessária ao processo evolutivo do Paradigma Isonômico preconizado no Estatuto. Assim, haverá mais credibilidade quando as convicções permeiam realizações conjuntas, em prol dos ideais do desenvolvimento científico e tecnológico cuja tendência é crescer e os capacitados tomarão as rédeas do destino da nação. Uma vez que todos, indistintamente, sejam protagonistas no cumprimento do NOVO MARCO DAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS CIVIS, a entidade/OSCIP amparada pelas Leis, conseguirá descer do seu pedestal, (libertar-se do nicho MMN que causa um desserviço como ocorreu com a TELEX FREE, quando for o caso) já que a inferência da informática veio facilitar essas orientações referenciadas e baseadas no fato de que, hoje, programadores em computação conseguem construir e operacionalizar processos facilitando a realização de tarefas em todos os setores. Tanto que os estudiosos afirmam: lojas virtuais prevalecerão e as lojas físicas participarão dessa evolução de vendas online. Assim, o consumidor terá chance de escolher, comparar marcas, produtos e preços com economia de tempo e energia. Portanto, a inclusão de seus membros também na área da informática é um requisito, requer a contribuição de todos para capacitar os leigos como eu, que só sei malmente textualizar. Caso alguém do grupo digne-se a capacitar os demais, aí, sim, haveria a ISONOMIA DE DIREITOS E DEVERES sócio econômico inclusive, que se traduz em confiabilidade e a credibilidade exigida pela Lei da Transparência Fiscal, Lei da Informação, para não incorrermos em desacordos que geram conflitos.

Os valores seguem os princípios da ISONOMIA SOCIAL: GOVERNANÇA TÉCNICA; A ECONOMIA BASEADAS EM RECURSOS e CIÊNCIA LIVRE E TRANSDISCIPLINAR. Assim, combate-se a ignorância e o analfabetismo funcional, através do auxílio mútuo que permite uma autonomia capaz de trazer soluções alinhadas num projeto sistematizado, em que todos têm o mesmo direito de exercer um protagonismo transparente através dos BLOGs, YOUTUBE, VEVO, LIKEDIN e outros meios que permitem ‘cruzar’ as informações sobre as ações de cada grupo comprometido com a idoneidade da Associação como um todo.

3) Como são tomadas decisões no Projeto Equilibrium? Resposta: Ainda não pesquisei o bastante sobre, mas, vemos que todos os ‘cotistas’ voluntariamente, escolheram dedicar um tempo e uma verba (FED) designada à construção de um condomínio comunitário, onde podem conquistar uma aprendizagem capaz de prepara-los para exercer um determinado cargo dentro da AAL/Equilibrium, isso exige dedicação e certa resiliência para galgar uma posição de respeito, que lhe dará direito a voz e voto, para as tomadas de decisões com igualdade de mérito.

4) Como são tomadas decisões nas Seções da Cooperativa Equilibrium? Resposta: Ainda não acessei sobre. Mas, imagino que há um Conselho que se reúne periodicamente para discutir as questões concernentes ao cumprimento do Estatuto e seu Regimento, os quais orientam as decisões baseadas em fatos, cujos valores vão nortear as ações dos respectivos grupos (GT) integrantes da Câmara Técnica, contanto que prevaleça a TIRANIA/DITADURA DO CONHECIMENTO, um “CONTROLE DA CIÊNCIA” (e não manipulação da ciência), como dizia o Velho Guerreiro o Chacrinha: “não vim para explicar”.

5) Relacione quais são os aspectos de maior dificuldade para superação da ideologia capitalista e transição para uma sociedade isonômica? Resposta: O analfabetismo funcional é uma das causas de inúmeras entidades estacionarem no alicerce. Criar um Projeto num nível de ISONOMIA de condições entre seus membros – uma sociedade inclusiva e emancipada que construa sua própria economia, seu próprio modelo político e sócio econômico, através de um planejamento coletivo com ações colaborativas em que todos se auxiliem mutuamente, são princípios que devem proporcionar a todos os envolvidos, um avanço tecnológico dentro de condições mínimas de segurança e manutenção da sobrevivência, pelo conjunto das premissas: ISONOMIA SOCIAL; GOVERNANÇA TÉCNICA (por meio de Democracia Direta Científica= a tirania do conhecimento);  A ECONOMIA BASEADA EM RECURSOS e CIÊNCIA LIVRE E TRANSDISCIPLINAR. São conceitos pertinentes a esse grupo ‘voluntariado’ que espera praticar de forma literal, todos os princípios abordados no Estatuto da AAL/Equilibrium, práticas que permitam tirar do papel, ou seja, qual (is) grupo (s) alcançará (ão) abertura para tal capacitação/conhecimento científico/tecnológico, tirando do virtual, passando a produções baseadas em tais modelos como o do Tesla, ou do Projeto Vênus, Jacques Fresco... Porque na prática, nenhum de nós foi lá conferir saber como estão se comportando atualmente, se houve uma evolução processual inerente que digne-se apresentar-se como modelo satisfatório ao estabelecimento de um Paradigma que supra as necessidades de uma Organização como planejado, segundo o Novo Marco Regulatório das OSCs brasileiro. Até porque ninguém merece seguir um modelo alheio as necessidades territoriais e locais da nossa cultura, costumes e tradições regionais já que escolheremos o que, como e porquê participar de um projeto comunitário.

 Ver os seguintes Vídeos: AUROVILLE https://www.youtube.com/watch?v=UqS47... Responder: QUESTIONÁRIO 1 RESPONDA AS PERGUNTAS E ANOTE AS RESPOSTAS

1.Qual o aspecto que a "Mãe" destacou como central para desenvolvimento da Comunidade? RESPOSTA: A estruturação de espaços em mandalas, faz uma analogia não para centralizar o ‘poder’ de um imperador ou feudo. A simbologia de forma circular das construções facilitaria a delegação não de ‘poderes’ de alguns sobre os demais, mas, uma distribuição de tarefas entre os grupos que poderiam adotar um sistema de rodízio entre os afazeres, em que se intercalariam as oportunidades de trocarem de funções no sentido de aprender a aprender, intercambiando capacitações para os trabalhos em equipe; todos ensinam, aprendem e cooperam, respeitando-se as diferenças de dons e as aptidões para certa tarefa estimulada. As crianças poderiam aprender sem perder o contato com suas almas, podendo expressar e enriquecer suas faculdades inatas, ao invés de estudar só para acumular notas e galgar posições acadêmicas que servem aos interesses capitalistas incentivadores do lucro, pelo consumismo versus obsolescência programada dos produtos industrializados. Em Auroville a isonomia de condições, de oportunidades, as participações nas aprendizagens inclui a troca de saberes, as engenharias mobilizam-se entre mãos sedentas por realizações; a afetividade desde o cultivo até a manipulação e preparação dos alimentos; a confecção de produtos de uso comum, independe de títulos e posições, porque a INCLUSÃO SOCIAL parte da união de esforços, comparável a um sacerdócio que não exige sacrifícios mas, sim, apenas boa vontade sem exploração ou imposições sob leis ou regras ditadas por um humano informatizado, que em nome de um PROJETO VÊNUS ou o que seja, declara abertamente que apenas um grupo seleto de profissionais capacitados têm a primazia das decisões, portanto, como no sistema governamental vigente: o gado subserviente idolatra e aplaude as decisões dos intelectos-feudais legalmente constituídos na era da informática.

2) Como a Comunidade entende seu papel no Planeta? RESPOSTA: A oportunidade de servir organizadamente, constitui um aprendizado prazeroso em que tudo é de todos para o bem das presentes e futuras gerações. O respeito e o cuidado inerente à conservação e à preservação dos recursos ambientais para que não falte o básico, assim, a competitividade por posições e o lucro são banidos. Trabalhar é uma forma de expressar solidariedade e desenvolver capacidades, em prol da qualidade de vida em todos os níveis possíveis. Genesis 3.19 no suor do teu rosto comerás o teu pão.

Enfim, a real equidade inclui colocar-se no lugar do outro.

 3) Porque Sri Aurobindo iniciou o Projeto na India? RESPOSTA: [...] Moldar mais de 2.300 pessoas de 51 países?] Com que intuito? Para permanecerem engessadas por um sistema preconcebido em nome de uma unidade? Onde fica a liberdade de expressão de ideias e de ideais? A própria depoente (20:52) reconheceu a regressão de tal modelo, o qual carece de atualizações contínuas, conjuntamente.  Uma evolução que garanta adaptações que o meio apresenta em resposta à interferência antrópica negativa (queimadas, monoculturas, agrotóxicos, desmatamentos) já que o extrativismo inicial ainda perdura, no que alterou a dinâmica dos fenômenos meteorológicos, a natureza à exaustão de seus recursos, que só após QUIOTO, RIO+20 etc., criou-se e vem sendo propostas leis para frear os abusos e crimes ambientais. Sri Aurobindo iniciou o Projeto na India, por ser um lugar superpopuloso, onde prevalecem as superstições, as velhas tradições; era preciso mobilizar as mulheres e as crianças (sem compromisso trabalhista) e o melhor jeito sempre é através de crendices religiosas para subjugar um povo carente de instrução.

4) Quais e quem estabeleceu os Princípios estabelecidos para Auroville? RESPOSTA: Aurovile funciona como uma escola livre onde, eventualmente, um grupo patrocinador compartilha suas aprendizagens intelectuais e laborativas com outro grupo de voluntários que optaram por experimentar uma vivência compartilhada comunitariamente, porque aprende-se mais fazendo, já que não há um sistema de ensino curricular (para cumprir estatísticas) como no Brasil. Vemos que não seria possível abarcar todas as possibilidades de qualidade de vida paradisíaca imaginável nos modelos supracitados, porque o ser humano é, por si, insatisfeito, sempre querendo saber e fazer mais; é essa ‘insatisfação’ que vai fomentar o desejo de continuar aprendendo e conquistando mudanças para melhor.    

5) Como são tomadas decisões em Auroville? RESPOSTA: Sri Aurobindo convida pessoas para investigarem quais propriedades estão sendo subutilizadas por um proprietário. Procura meios de desapropriação parcial de tal propriedade para utilização sem fins lucrativos, mas com fins educativos.

6) Foi importante o estabelecimento de regras pelos fundadores de Auroville? Porquê ?

RESPOSTA: Naquela situação sim, porque seus habitantes não tinham opção melhor. Para isso contribuiu positivamente a prática da YOGA ajuda disciplinar o SER em todos os sentidos, requisito para uma vivência comunitária quase compulsória do ponto de vista cultural dos voluntários indianos.

7) Você acha que as regras são importantes ou as regras são para serem quebradas? RESPOSTA: Depende do grau de instrução do receptor, de suas convicções políticas, filosóficas e sócio econômicas, pelo menos. Porque hoje os humanos podem escolher o que pesquisar, adotar um comportamento apreciável (ser um ator social em cada demanda comunitária até que se torne um hábito tal ou qual comportamento coletivo) com respeito as diferenças, buscando ser honesto e verdadeiro consigo para transparecer e ser seguido não por ser o REI DA ..., mas, pela prática da justiça e da verdade, doa a quem doer.  



VI) NO MEIO DE NÓS https://www.youtube.com/watch?v=3iLwU... RESPONDA QUESTIONÁRIO 2

1) QUE RESPONSABILIDADE HÁ EM COMPREENDER ALGO MAIS ALÉM DA PRÓPRIA MATERIALIDADE? RESPOSTA: Reconsiderar nossas convicções éticas, filosóficas e morais assim, combateremos o materialismo consumista. A translucidez do nosso sol interior prevalecerá e gradativamente venceremos o medo que temos de falar a verdade, de agir com honestidade e a autoridade que só o Messias nos capacita para exercermos o perdão.

2) ONDE SE DÁ ESTA BUSCA PELA COMPREENSÃO? RESPOSTA: A compreensão vem pelo conhecimento do EU no parâmetro quântico. Para alcançar esse nível transitório de perfeição, é importante acolher autodisciplina, no pensar, no comer, se cuidar. Quem se cuida compreende os sentimentos do outro e no trato para com os demais seres vivos. Quem se cuida há de ser um multiplicador da evolução das pedagogias conquistadas. 

3) PORQUE NOS APEGAMOS AOS PARADIGMAS ATUAIS? RESPOSTA: Por comodismo. Preguiça de criar e compartilhar. Nos habituamos a receber tudo pronto transmitido pela TV aberta, pelas redes sociais. Chega uma hora que a gente tem que escolher uma só linha de pensamento ou pesquisa, porque não temos tempo e poucos são os superdotados/especiais que podem abarcar vários conhecimentos. A maioria (como eu) não poderia extrapolar seu limite de compreensão das ciências, por isso é que cada um escolhe e exerce uma profissão compatível com um dom desenvolvido, pois somos limitados pelas circunstâncias das situações que envolve a hierarquia instituída nos moldes MATRIX. Então nos apegamos aos paradigmas como gado que vai ao matadouro, porque temos preguiça ou medo de experimentar uma novidade, característica de seres ignorantes de alguma forma. O ser humano pode driblar a alienação imposta pelas mídias sociais, procurando um tempo para cada vivência, reservando-se um tempo para meditação ou YOGA, para a higiene, para o repouso, para o exercício, para o sono, como quando não havia eletricidade. Hoje, o tempo se esvai entre uma postagem e outra. O tempo é pouco e não dar-me-ei o luxo de pesquisar ou assistir OVINIS, coisas do COSMOS, nada da NASA me interessa, porque a holografia poderá simular, representar ilusões de ótica alienantes para o gado desavisado. Sou um animal digno de qualidade de vida como qualquer outro, limito-me a colaborar com as coisas que me chegar às mãos, com a permissão do Altíssimo.    

4) O QUE É O FUNDAMENTALISMO DA CIÊNCIA? RESPOSTA: Difícil. As Ciências são diversificadas, tentam comprovar os fatos a partir de uma hipótese. FUNDAMENTALISMO DA CIÊNCIA? Tudo está inacabado e tudo merece ser verificado para refutar uma hipótese ou conservá-la até que seja possível uma outra hipótese comprovável temporariamente ou não.

5) COMO VOCÊ SUGERE SUPERAR ESTE ASPECTO DA CIÊNCIA ATUAL? RESPOSTA: Nada se cria nada se perde, tudo se transforma, dizia Lavoisier. O problema não é superar isso ou aquilo, mas, superar nossa visão de mundo, superar nosso apego ao material e procurar grupos de estudos afins com nossa perspectiva de mudança viável, aqui agora.   

6) RELACIONE A EQUAÇÃO DE DRAKE E A RELAÇÃO DO HOMEM COM SUA PRÓPRIA LIMITAÇÃO ? (Caso precise veja: https://www.youtube.com/watch?v=VWRJI...)

RESPOSTA: Superdotados como Drake são matemáticos natos. Poucos têm esse dom. Hoje, os ‘sábios’ desenvolvem o que estava pronto. A informática facilitou e facilita a expansão desses conhecimentos à luz da matemática quântica ou aplicada. Reconheço minha limitação porque tenho preguiça de conhecer algo que não aplicarei na prática no meu minúsculo mundinho, que poderá expandir-se, caso aprenda pelo menos a utilizar uns aplicativos básicos. 

7) PORQUE NÃO QUEREMOS OLHAR PARA NOSSO INTERIOR? RESPOSTA: Alguém pode fazer isso? Então estou muito aquém porque não consigo ver meu interior. É mais fácil a gente evocar no outro muito do que somos.

8) COMO OLHAR PARA DENTRO DE NOSSAS PRÓPRIAS LIMITAÇÕES EM BUSCA DO AUTOCONHECIMENTO? RESPOSTA: Para que serve? Come-se com manteiga? Com café? Brincadeira a parte, uma limitação é relativa, porque há 5 vagas de emprego para deficientes em qualquer concurso e, nós, que nos julgamos ‘inteiros’, deveríamos nos espelhar nesses pequeninos iletrados ou excluídos e que vivem pela Graça, muitas vezes executando tarefas que um dito acadêmico não conseguiria. Portanto, se vossamercê ensinar-me algo, garanto que farei com dedicação e apreço.

9) O QUE É O MEDO E PORQUE TEMOS TANTA DIFICULDADE EM TRANSPOR SUAS BARREIRAS? RESPOSTA: O medo provém de algo que desconhecemos. É importante conhecer algo para poder opinar assertivamente sobre.

10) O QUE A CIÊNCIA TRÁS PARA OS PROCESSOS SOCIAIS? RESPOSTA: As ciências podem orientar as diretrizes para solucionar muitos dos problemas inerentes a existência humana, como por exemplo, pela higiene podemos evitar doenças; pela regularização ambiental pode-se sistematizar o planeamento de um espaço rural ou urbano; pela análise do DNA – MAPEAMENTO GENÉTICO, pode-se prevenir o desenvolvimento de uma doença; Pela engenharia Genética bactérias E.coli produz insulina para os diabéticos. E as engenharias multiplicam-se a cada dia, na era da INFORMÁTICA  e da NANOTECNOLOGIA.

11) O QUE É FATO E O QUE É O SENSO COMUM? RESPOSTA: Fato é constatado porque ocorreu e foi registrado ou contabilizado/computado. Senso comum é um conhecimento empírico, deduções feitas por nossos ascendentes e que até hoje respeitamos, porque os que deram certo fortaleceu a crença, seja numa cura parapsicológica, seja numa cura espiritual ou através de ervas medicinais, além de outras superstições aplicadas na prática, pelos benefícios e efeitos positivos.

12) COMO O SENSO COMUM SE TORNA JUÍZO DE REALIDADE? RESPOSTA: Quando a maioria que experimentou e obteve efeitos benéficos; ou viu e filmou tal coisa, pode testemunhar e afirmar que aquilo aconteceu ou acontece porque os resultados são perceptíveis de alguma forma, e as vezes pode servir como base para o desenvolvimento/construção de algo palpável, utilizável. 

13) QUAL A PRINCIPAL PREMISSA QUE UM GRUPO DE PESSOAS DEVE ADOTAR ANTES DE TOMAR UMA DECISÃO QUE POSSA AFETAR O GRUPO? RESPOSTA: Uma vez comprovado os motivos alegados por um grupo, solicitar uma reunião com a participação de todos, informar o local da reunião com divulgação, colocar a pauta da reivindicação com os motivos; reunir 51% dos votantes, discutir, chegar a um consenso e depois realizar a solução do problema, podendo ser divulgado em um meio de comunicação, se for necessário.

14) QUAIS ELEMENTOS DEVEM SER LEVADOS EM CONTA PARA QUE UM GRUPO TOME UMA DECISÃO QUE AFETE OS DESTINOS DO PRÓPRIO GRUPO? RESPOSTA:

a) VERACIDADE: constatar o que está sendo questionado (desonestidade, desvio de verbas, superfaturamento);.

b) LEITURA e revisão do Estatuto e do Regimento para possível atualizações.

c) Rever as Leis das Legislações pertinentes a cada caso.

d) Rever Decreto constitucional;

15) RELACIONE O ESPAÇO COM AS GRANDES NAVEGAÇÕES E DISSERTE SOBRE A IMPORTÂNCIA OU DESNECESSIDADE DE EMPREENDER ESFORÇOS NESTA JORNADA.

RESPOSTA: Grandes Navegações exigem licenciamento da portuária, instrumentalização que possibilite obtenção de ferramentas e outras tecnologias para frear a poluição dos mares e dos rios; também proporcionar intercâmbio de informações de como descartar seus resíduos em terra com segurança; licenciamento para troca de sementes ou coleções de espécies; troca de experiências documentadas; produção de um acervo para postar nas redes sociais como, artigos, com fotos, filmagens etc. Via BLOG ou WATSHAP ou outro meio.

16) COMO AS POSSÍVEIS CIVILIZAÇÕES EXTRATERRESTRES, OS RISCOS DE CATÁSTROFES NATURAIS, AS TECNOLOGIAS DE ENERGIA LIVRE E COMO SE RELACIONAM COM OS DESTINOS DA HUMANIDADE? RESPOSTA: Quem está na chuva é para se molhar, quem se previne sofre menos. Com a evolução das C&T, o homem poderá criar seu próprio sistema de energia livre, amenizar os efeitos das catástrofes, divulgar na internet o que está pesquisando porque pode ser dispensável o Registro de Patente no INPI, podendo ser de domínio público (Criative Commons) em que alguém pode aperfeiçoar uma tecnologia para o bem comum. Catástrofes naturais se intensificaram por causa dos desmatamentos, queimadas, construções no subsolo, extração de minérios e outras interferências que alteram o comportamento geofísico e climático do planeta. Civilizações extraterrestres viriam socorrer os terrestres caso o Messias achasse necessário, senão, será como Ele determinar. O ponto de virada do futuro poderia ser uma catástrofe ou um desastre ambiental como ocorreu com a passagem do furacão IRMA, escassez de água; uma guerra, uma epidemia. Não precisamos sofrer por antecipação. Podemos ‘ensaiar’ novos hábitos para uma convivência em comunidade alternativa, independente de aguardar uma pressão apocalíptica dessas.

17) SE OUTRAS CIVILIZAÇÕES E ESPÉCIES ALIENÍGENAS INTELIGENTES EXISTISSEM, COMO ISSO AFETARIA SUA VIDA? RESPOSTA: Acho um desserviço pensar em tal possibilidade, já viemos com prazo de validade e a Bíblia diz que “depois dos 60 anos é só canseira e enfado”, o que vier é lucro, portanto, cada geração se aproprie daquilo que o Messias permitir e gerencie com amor o que restar de recursos no planeta.

18) O QUE LEVA AOS ESPIRITAS A BUSCAR EXPLICAÇÕES PARA A CONTINUIDADE DE UMA ESPÉCIE DE ESSENCIALIDADE HUMANA QUE TRANSPASSA O MUNDO MATERIAL CONHECIDO ? RESPOSTA: A Bíblia fala: ‘VIVE-SE APENAS UMA VEZ” e merecemos viver na Paz do Messias.

19) COMO A SUA RELIGIÃO OU ESPIRITUALIDADE VÊ OS PRATICANTES DE OUTRAS RELIGIÕES ? QUEM ESTÁ CERTO? RESPOSTA: Religamos nossa Fé diretamente falando com o Filho do Altíssimo, pedindo perdão, evitando pecar. Nossa oração seja boas práticas, bons proveitos, emanados de um coração afeito para a prática do Amor.

Responda apenas para si mesmo: a) Como o medo me afeta? RESPOSTA: Oro e acendo a luz.

 b) Quais os passos que devo tomar para enfrentar meus medos? RESPOSTA: Oro com muita Fé, para vencer os desafios no dia a dia.

c) Consegue estabelecer uma estratégia material e mental para por em prática a superação dos seus medos. RESPOSTA: Ignoro a covardia e tento enfrentar algum revés, assumindo minhas limitações, confiante em Deus Jeová, porque aqui se faz e aqui se paga.



PROJETO HORIZON 1 Atenção: Ative as legendas em português se necessitar: https://www.youtube.com/watch?v=jW9Jk...

1) Você concorda com um planejamento que organize a sociedade, uma cultura planejada de forma técnica? Porque? RESPOSTA: Concordo, porque por falta de um PLANO DIRETOR URBANO, multiplicaram-se as construções civis que se estabeleceram de formas alheatórias, em locais de risco como, nas favelas, próximo a lixões, redes de esgotos, barrancos, orla marítima, nos túneis e até em grutas. Nossos impostos dariam para disponibilizar Assistência Técnica, mas, vê-se que para isto só haverá inclusão mediante inscrição de um Projeto via Editais burocráticos, em sua maioria direcionados para a SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA (entidades oficiais) que reúnem os requisitos descritos nos Editais. Uma cultura planejada de forma técnica, depende da técnica, se for de maneira equitativa, com isonomia de direitos e deveres socioeconômicos, valeria. 

2) Há alternativas que você sugere? RESPOSTA: As tecnologias alternativas podem ser reaprendidas no YOUTUBE e outros. Desde que o planejamento inclua o melhoramento das tecnologias visando economia e qualidade de vida, esta será a praxe. A recente crise econômica, alerta a que possamos migrar da cidade para o campo, onde a cooperação sistematizada e documentada, poderá nos tirar das vicissitudes do consumismo por industrializados, escolhendo a simplicidade de um viver pela/na natureza e com ela estabelecer uma sustentabilidade, capaz de substituir o salário por produção agro-silvo-pastoril, principalmente na Agricultura Familiar.

3) Quais os pontos de similaridade do projeto HORIZON com o projeto EQUILIBRIUM ? RESPOSTA: ECONOMIA BASEADA EM RECURSOS. Precisamos distinguir quais formas de recursos.

4) Fale sobre os processos de decisão científicos. Qual a razão de seu uso? RESPOSTA:

PROCESSOS DE DECISÃO CIENTÍFICOS: Nada é taxativo, hermético ou individualista em termos de processos científicos. Essa evolução está ocorrendo por causa das divulgações graças à internet. A Biotecnologia aliada à nanotecnologia visa otimizar e potencializar os resultados em todos os setores.  

5) Qual o objetivo da tecnologia "on demand" e como deve ser usada? RESPOSTA: NÃO SEI. Meu irmão aluga seu AP via Airbnb, que é uma dessas tecnologias, acho.

[...]O alcance da massa crítica é o que era necessário para iniciar estas mudanças irreversíveis no rumo da nova sociedade. Estas velhas empresas que detém os oligopólios mundiais vão ruir como castelos de cartas. Elas estão construídas sobre a corrupção, a poluição, a exploração humana e outras políticas insustentáveis.

Um novo tipo de empresa irá surgir, baseada na colaboração e no compartilhamento. A propriedade intelectual irá desaparecer gradualmente, pois ninguém é dono do conhecimento.

As sociedades esotéricas secretas, os royalties, os registros de marcas e patentes e os direitos autorais deixarão de existir nesta nova sociedade, pois o conhecimento é um patrimônio do inconsciente coletivo do planeta e não pode ser apropriado por ninguém.

Com o tempo, as propriedades seguirão o mesmo caminho. Não estamos falando de comunismo ou socialismo, que são instituições corruptas e arcaicas. A nova forma de sociedade terá a real participação da sociedade e será baseada no amor, no respeito e no desapego. Prama Shanti

Fonte: https://cidapereira01.wordpress.com/2017/03/11/os-novos-passos-para-a-grande-mudanca/

6) Qual a base do projeto Horizon 1 e qual o da Equilibrium? RESPOSTA: Na ECONOMIA BASEADA EM RECURSOS QUE ESTÁ SENDO DIVULGADO PELO PROJETO VÊNUS, prevalece a inclusão via FORMULÁRIO online, por adesão dos ‘cotistas’ que queiram se cadastrar para contribuir com o FUNDO, adquirirem cotas, que pode ser de um terreno onde se pretende fundar um condomínio rural ou urbano, mediante a criação de uma Associação e sua respectiva Cooperativa, cujos associados assinam um Estatuto e um Regimento Interno, documentos estes que visam à promoção do respeito mútuo, do compartilhamento dos mesmos ideais, aquisições de bens e serviços de uso comuns, objetivando sustentabilidade com a isonomia de direitos e deveres.

7) A comunidade fictícia apresentada é semelhante ao Ecopolo? Em que aspectos? RESPOSTA: Cada comunidade é única mesmo que se espelhem nesses modelos, porque diversos são os fatores que contribuirão para mais ou menos a interação dos entendimentos. A medida que projetos deem bons resultados, a disponibilidade dessas engenharias e seus frutos, ensejará maior complexidade que pode gerar padrões inatingíveis, principalmente nos países desenvolvidos, que, através das privatizações, subjugam os países em desenvolvimento. Não há como globalizar a diversidade de projetos comunitários.

8) Todos devem ser cientistas nestas comunidades do futuro? Explique sua opinião. RESPOSTA: Considero cientista todo indivíduo que se disponha a experimentar e aprender fazendo e aperfeiçoando-se à sua maneira, um invento ou construção qualquer. Com certeza, o Técnico ou profissional diplomado consegue efetivar uma obra com o auxílio do peão, do operário, do estagiário. Este, após apropriar-se de determinado saber, é capaz de liderar e orientar outros grupos, portanto, todos devem ser cientistas nestas comunidades do futuro.

9) Qual a importância da educação no projeto Horizon e qual a definição que é dada por eles? Resposta: Para alcançarmos uma consciência social, harmonizada com o respeito as diferentes aptidões humanas, aos variados territórios, suas tradições, culturas e/ou vícios adquiridos, teremos que nos apropriar de diferentes tecnologias, vencer os desafios que se fazem presentes no interior dos lares e, por isso, há necessidade de arranjos familiares como, através de uma educação espiritual e ambiental para viabilizar boas experiências nas vivências em grupo, nas comunidades alternativas.

10) Qual a importância da análise crítica do comportamento humano? RESPOSTA: Mais um parâmetro dentre outros. A maioria das entidades comunitárias tendem a falência, porque o comportamento humano imediatista dificulta, as pessoas importam-se mais com o consumir do que com o produzir. Compramos produtos “do Paraguai”. Com a apreensão dos conteiners pela PF tirou da circulação muitos produtos, que seriam adquiridos pela classe média. Essa fiscalização é custeada por nossos impostos. A Transparência Fiscal exigida requererá capacitações em grupos, em mutirões organizados, além de patrocínios.



REFERÊNCIAS E MATERIAL COMPLEMENTAR https://newvistasllc.sharepoint.com/N... https://youtu.be/nsVCvTcLQfw - New Vista Governança https://vimeo.com/user62881233/videos - outros de New Vista Comunidades Finalmente como não poderia deixar de estar presente : https://www.youtube.com/watch?v=Yb5iv...